Dizimo como lei anula a graça

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dizimo como lei anula a graça

Mensagem  verdade777 em Seg Dez 26, 2011 3:56 am

Dizimo como lei anula a graça


Deus fez duas alianças com o povo, a primeira foi a lei dada através de Moisés, a segunda foi a aliança da graça através de Jesus.

O dizimo foi uma oferta dada por Abraão e Jacó, depois veio a aliança da lei através de Moisés e nessa aliança o dizimo era um mandamento para os judeus e quem não desse estava em pecado, depois veio a aliança da graça através de Jesus e nessa aliança só foi pedido ofertas.

Nós não estamos mais no tempo da lei de Moisés nem somos judeus da primeira aliança, nós estamos no tempo da graça e somos cristãos da segunda aliança, essa nova aliança trás novos mandamentos no novo testamento e o mandamento na área financeira é ofertas.

Hoje na aliança da graça o dizimo não é uma obrigação como alguns pastores pregam usando textos do tempo da lei, hoje é apenas um exemplo de oferta que Abraão e Jacó deram, mostrando que cada cristão deve seguir o exemplo deles e dar oferta, mas a porcentagem dessa oferta cada cristão deve dar o que desejar.

O dizimo é um dos mandamentos na lei que foi dada através de Moisés para os judeus, a lei tinha muitos mandamentos, guardar sábado, circuncisão, apedrejar pessoas, sacrifícios, etc.

A lei de Moisés durou até João, o batista e dali em diante Deus fez uma nova aliança com o homem através de Jesus.

Essa nova aliança é chamada no novo testamento de graça, nessa aliança Deus não manda uma lei de o servo dar dez porcento do que ganha, mas só pede ofertas e essa oferta deve ser na porcentagem que cada um sentir que deve dar.

Para você saber que hoje não temos mais que cumprir os mandamentos da lei de Moisés leia as cartas do apostolo Paulo no novo testamento onde é feita a comparação da lei e da graça, Paulo fala que quem cumprir as obras da lei está separado de Cristo, perdeu a justificação pela graça e está embaixo de maldição.

Existem dois tipos de pastores hoje, os dois enganam o povo quando pregam que deve ser cumprida a lei do dizimo hoje, com objetivo de entrar mais dinheiro na igreja, a diferença entre os dois é que um quer mais dinheiro para fazer mais a obra de Deus e outro quer mais dinheiro para roubar mais para ele mesmo.

Os pastores que querem mais dinheiro para fazer mais a obra de Deus estão errados porque o seu compromisso deveria ser em pregar a palavra da graça que Deus ordenou no seu novo testamento e não pregar dizimo como uma lei para hoje, eles aproveitam que o povo não tem conhecimento das cartas de Paulo e o engana colocando um fardo da lei sobre eles para tirar mais dinheiro.

O inimigo conhece o perigo que nós oferecemos a ele quando se achegamos a Deus tomando a posição de sermos aceitos pela graça, porque sabe que seremos aceitos por Deus e daremos muitos problemas para ele, por isso o diabo quer nos fazer pensar que nós podemos se aproximar de Deus pelas nossas obras e pela lei de Moisés porque ele sabe que ninguém será aceito assim e ficaremos bloqueados.



Jesus disse que a lei de Moisés durou até João, o batista e dali em diante seria uma nova aliança.

A lei e os profetas vigoraram até João; desde então é anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem forceja por entrar nele. Lucas 16 : 16



O apostolo Paulo falou que ninguém é justificado por obras da lei, mas somente pela fé em Cristo, a área financeira não é justificada pela lei do dizimo mas pela graça como todas outras áreas.

sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus, temos também crido em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada. Gálatas 2 : 16



O apostolo Paulo disse que se a justiça vem pela lei Cristo morreu em vão, quando pregam a você a lei do dizimo estão te enganando e fazendo você anular a justificação pela graça na sua vida.

Não faço nula a graça de Deus ; porque , se a justiça vem mediante a lei , logo Cristo morreu em vão. Gálatas 2 : 21



Paulo chama atenção da igreja na Galácia por tentar justificação por obras da lei, mostrando que a justificação é pela fé em Cristo em todas áreas da nossa vida.

Só isto quero saber de vós: Foi por obras da lei que recebestes o Espírito, ou pelo ouvir com fé?
Sois vós tão insensatos? tendo começado pelo Espírito, é pela carne que agora acabareis?
Será que padecestes tantas coisas em vão? Se é que isso foi em vão.
Aquele pois que vos dá o Espírito, e que opera milagres entre vós, acaso o faz pelas obras da lei, ou pelo ouvir com fé?
Assim como Abraão creu a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.
Sabei, pois, que os que são da fé, esses são filhos de Abraão. Gálatas 3 : 2 a 7




A circuncisão era um dos maiores mandamentos da lei para um judeu, significava que ele tinha uma aliança com Deus, o apostolo Paulo falou que quem se circuncidar está separado de Cristo, isso serve também para qualquer outro mandamento da lei inclusive dizimo.

Paulo fala que quem tenta se justificar diante de Deus pela lei de Moisés perde a justificação pela graça através de Cristo, veja como estão te enganando quando pregam a você a lei do dizimo, estão te separando de Cristo pelo interesse no seu dinheiro.

Estai pois firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo de escravidão.
Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará.
E de novo testifico a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei.

Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça decaístes.

Nós, entretanto, pelo Espírito aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.
Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão vale coisa alguma; mas sim a fé que opera pelo amor. Gálatas 5 : 1 a 6




Paulo diz claramente que ninguém é justificado por obedecer mandamento da lei, mas pela fé em Cristo, veja como você tem sido enganado quando tem ensinaram que para ser fiel a Deus tem que cumprir a lei do dizimo, em vez de te ensinarem a justificação por ter fé em Cristo.

É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé
Gálatas 3 : 11

concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. Romanos 3 : 28

Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo
Romanos 5 : 1

para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e também justificador daquele que tem fé em Jesus. Romanos 3 : 26

Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito. Gálatas 3 : 14




Deus disse através de Paulo que quem tenta justificação pela lei está debaixo de maldição, se você tem o dizimo como uma lei para hoje está justificando a área financeira diante de Deus pela lei e está embaixo de maldição e não em benção como os pastores falam te enganando, está anulando a proteção da graça na area financeira e se colocando embaixo de maldição.

Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. Gálatas 3 : 10



A passagem acima diz que é maldito aquele que cumpre uma parte da lei de Moises e não cumpre tudo, mas a passagem abaixo diz que Cristo nos salvou da maldição da lei, ele cumpriu toda lei e nos libertou dela pela sua graça.

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro Gálatas 3 : 13




Paulo fala que Cristo aboliu o velho pacto, foi abolida a aliança da lei com todos seus mandamentos inclusive o dizimo e foi feita uma nova aliança através de Cristo com novos mandamentos.

mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido
II Corintios 3 : 14

E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna. Hebreus 9 : 15

Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas. Hebreus 8 : 6

Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança Hebreus 8 : 8

Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar. Hebreus 8 : 13

O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica. II Corintios 3 : 6




Paulo fala que a lei serviu como apoio para nos levar a Cristo, para sermos justificados pela fé.

De modo que a lei se tornou nosso aio, para nos conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos justificados. Gálatas 3 : 24



Jesus foi ressuscitado para nossa justificação em todas as áreas da nossa vida inclusive financeira, quando tem ensinam para cumprir a lei do dizimo estão quebrando a proteção da graça na sua área financeira e te colocando na posição de judeu da primeira aliança.

...cremos naquele que dos mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor; o qual foi entregue por causa das nossas transgressões, e ressuscitado para a nossa justificação. Romanos 4 : 24 , 25



Paulo disse que os mandamentos da lei são para os que estão debaixo da lei, os judeus que viveram antes de João batista.

Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que se cale toda boca e todo o mundo fique sujeito ao juízo de Deus Romanos 3 : 19



O apostolo Paulo fala que nenhum homem é justificado diante de Deus por cumprir mandamentos da lei, quando pregam a você que para ser fiel a Deus tem que cumprir a lei do dizimo estão te enganando.

porquanto pelas obras da lei nenhum homem será justificado diante dele; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado. Romanos 3 : 20



O apostolo fala que agora estamos sem a lei de Moisés e veio a justiça pela fé em Cristo, devemos crer que Cristo tem a justificação completa diante de Deus em todas as áreas de nossa vida, assim seremos justificados pelo seu sacrifício e sua graça.

Mas agora, sem lei, tem-se manifestado a justiça de Deus, que é atestada pela lei e pelos profetas; isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos os que creem; pois não há distinção. Romanos 3 : 21 , 22



Deus estabeleceu que a justificação diante dele é pela fé em Cristo não pelas obras da lei,
essa justificação é em todas as áreas da vida inclusive financeira.

Quando pregam para você a lei do dizimo estão cortando seu acesso diante de Deus pela graça e fazendo você tentar se aproximar de Deus pela lei, em vez de te ajudarem a se aproximar de Deus eles te afastam da porta da graça pelo interesse no seu dinheiro.

sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus Romanos 3 : 24

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;
não vem das obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2 : 8 , 9

Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê. Romanos 10 : 4

Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.
Romanos 11 : 6




Abraão não foi justificado por cumprir algum mandamento, mas por ter fé em Deus e essa fé foi colocada como justiça diante de Deus, hoje nossa fé em Cristo é colocada como justiça diante de Deus.

Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus. Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.
Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça. Romanos 4 : 2, 5




Jesus tinha que cumprir a lei de Moisés porque tinha que ser um judeu perfeito e pelo lado espiritual de ser fiel em todos os mandamentos que Deus deu para o homem, ele cumpriu toda lei e nos libertou dela.

Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.
Mateus 5 : 17

Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne
Romanos 8 : 3




Jesus disse que não passará nenhuma palavra da lei sem que todas sejam cumpridas, uma das missões dele era cumprir toda a lei, Ele tomou nosso lugar e cumpriu toda lei e nos libertou dela pela sua graça.

Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido. Mateus 5 : 18




O apostolo Paulo fala que ele não está debaixo da lei de Moisés, mas debaixo da lei de Cristo.

Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei (embora debaixo da lei não esteja), para ganhar os que estão debaixo da lei;
para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
I Corintios 9 : 20 , 21




Jesus nos tirou de debaixo da lei de Moisés e nos transformou em filhos de Deus.

mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei, para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.
Gálatas 4 : 4 , 5



Paulo fala que Jesus uniu os judeus e gentios com Deus pela sua cruz, e desfez na sua carne a lei com suas ordenanças, desfez a lei do dizimo e todas outras leis do velho testamento.

Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio,
Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,
E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.
Efésios 2 : 14 a 16




Paulo chama a lei de Moisés de "ministério da morte" e "ministério da condenação", e os pastores ainda pregam para você um mandamento dessa lei hoje, o dizimo.

Eles são tão cara de pau que de tantos mandamentos que a lei tinha escolheram só o dizimo para pregar hoje, sendo que Deus aboliu toda lei pela boca do apostolo Paulo.

E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória II Corintios 3 : 7

Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça. II Corintios 3 : 9




Paulo fala para os cristãos que eles estão mortos para a lei de Moisés e pertencem a Cristo, se Paulo fala que você está morto para a lei porque os pastores mandam você cumprir a lei do dizimo hoje ? e ainda falam que você está em pecado se não cumprir a lei do dizimo.

Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.
Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra. Romanos 7 : 4 , 6

Pois eu pela lei morri para a lei, a fim de viver para Deus. Gálatas 2 : 19



Os pastores falam que você está em pecado se não cumprir a lei do dizimo, Paulo fala que não existe nenhuma condenação para quem está com Cristo.

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
Romanos 8 : 1 , 2



Paulo fala que quem busca ser justo diante de Deus pelas obras da lei tropeçam na pedra Jesus, veja como os pastores te enganam pregando para você a lei do dizimo fazendo você tropeçar na pedra Jesus, em vez de pregar para você que Cristo tem a justificação completa para você sem necessidade de cumprir nada da lei.

Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé.
Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou à lei da justiça.
Por quê? Porque não foi pela fé, mas como que pelas obras da lei; tropeçaram na pedra de tropeço;
Como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; E todo aquele que crer nela não será confundido. Romanos 9 : 30 a 33



Paulo fala dos dois filhos de Abraão, uma da escrava representando a lei e um da livre representando a graça, mostrando que não somos mais escravos da lei, mas estamos livres pela graça.

Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei?
Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre.
De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.
Gálatas 4 : 21 , 22 , 31



Paulo disse que a escritura previa a justificação pela fé, ele fala que os que se apoiam na fé são abençoados.

Ora, a Escritura, prevendo que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou previamente a boa nova a Abraão, dizendo: Em ti serão abençoadas todas as nações.
De modo que os que são da fé são abençoados com o crente Abraão. Gálatas 3 : 8 , 9




O encontro do sacerdote Melquisedeque e Abraão é uma figura do nosso encontro com Cristo onde o sacerdote deu pão e vinho para Abraão e ele deu uma oferta para o sacerdote, essa oferta foi de dez porcento do que ele tinha por isso o nome dizimo, mas Abraão não deu como lei porque a lei de Moisés nem existia ainda, ele deu como oferta ao sacerdote que deu a ele pão e vinho.

Hoje o sacerdote é Cristo que nos deu seu corpo e sangue e nós damos a ele ofertas de louvor, vida separada do mundo, pregação de sua palavra e ofertas em dinheiro.

Leia Gênesis 14 : 18 a 20

A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.
Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. Hebreus 7 : 2 a 4



O sacerdote Melquisedeque existiu antes da tribo de Levi que era a tribo sacerdotal que tomava os dízimos como lei, Melquisedeque aceitou a oferta de dizimo de Abraão e o abençoou.

Hoje não devemos dar dizimo como uma lei como alguns dizem usando Malaquias 3 : 10 e outros textos da lei, dizendo que se não der o dizimo está roubando a Deus, porque Deus aboliu a lei na sua nova aliança pela boca do apostolo Paulo e disse que a comunhão com Ele é pela graça.

Mas como no encontro de Melquisedeque com Abraão é falado que o sacerdote o abençoou, então hoje quem der uma oferta também vai ser abençoado pelo sacerdote eterno Cristo, mas não é uma lei obrigatória de dez porcento como alguns pregam, mas qualquer porcentagem.

Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas. Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. Hebreus 7 : 6 , 7



Cristo é nosso sacerdote hoje e aceita ofertas de qualquer porcentagem, não como obrigação ou lei mas como ofertas voluntarias, do mesmo jeito que Melquisedeque aceitou uma oferta voluntaria de Abraão sem ter pedido.

Essa passagem abaixo não estabelece a lei do dizimo na graça como alguns pastores querem fazer, mas ela mostra que o sacerdote hoje é Cristo e ele aceita dizimo de quem quiser ofertar a ele.

E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. Hebreus 7 : 8



A tribo de Levi era a tribo sacerdotal que recebia os dízimos das outras tribos e cuidava das coisas de Deus, essa tribo não devia dar dizimo, mas para seguir o exemplo de Abraão que deu oferta de dizimo ao sacerdote, essa tribo também dá dizimo do que recebe para a obra de Deus.

Eles davam o dizimo porque eram judeus e estavam no tempo da lei, hoje nós podemos seguir esse exemplo e dar ofertas de qualquer valor, mas não como lei ou obrigação.

E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.
Hebreus 7 : 9



Jacó fez um proposito com Deus que daria sempre uma oferta de dez porcento do que ganhasse, qualquer cristão pode seguir seu exemplo e dar oferta em qualquer valor, o que não existe hoje é a lei de dizimo porque anula a graça.

E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo. Gênesis 28 : 22





Os pastores te enganam pregando textos da lei do dizimo hoje na aliança da graça e dizem que se não der está em pecado, Paulo fala que se pudesse ser dada uma lei que tornasse a pessoa justa a justiça seria pela lei.

Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei.
Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes.
Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. Gálatas 3 : 21 a 23




O apostolo João falou que Judas carregava a bolsa de dinheiro de Jesus e sempre roubava as ofertas que só pertenciam a Jesus gastar, Judas via os milagres, ouvia as palavras de Jesus e mesmo assim roubava Jesus continuamente por todo tempo que esteve com ele.

Hoje existem muitos Judas querendo carregar a bolsa de dinheiro de Jesus e roubam o que é lançado nela para si mesmos, roubam ao ponto de distorcer a graça e pregar a lei do dizimo hoje.

Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse:
Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres?
Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. João 12 : 4 a 6




Judas vendeu Jesus por trinta moedas e os Judas traidores de hoje vendem Jesus para você pelo preço do dizimo, se você der o dizimo todo mês está em comunhão com Jesus, se não der está em pecado separado dele.

Cadê o compromisso com a verdade em pregar a justificação pela graça que Paulo falou tanto nas suas cartas ?, você acha que eles não conhecem as cartas de Paulo ?

Trinta moedas era o preço que custava um escravo, hoje eles aproveitam da falta de conhecimento bíblico do povo e fazem o povo de escravo deles.

Enganam o povo para darem dez porcento do que ganham de forma sofrida deixando de ter as coisas, isso vai ser levado em conta no julgamento deles.

E disse: Que me quereis dar, e eu vo-lo entregarei? E eles lhe pesaram trinta moedas de prata
Mateus 26 : 15




O apostolo Pedro fala que haveria falsos pregadores entre os salvos, que negariam a Cristo (negando a graça), serão interessados no dinheiro e farão do povo santo uma forma de negocio lucrativo, escandalizando o caminho da verdade de Cristo.

E tambem houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. II Pedro 2 : 1 a 3




Paulo fala de falsos pregadores tendo a pregação (piedade) como fonte de lucro.

Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. I Timóteo 6 : 5




Jesus permitiu quem prega o evangelho viver do evangelho, mas veja o exemplo do apostolo Paulo ele falou que não era pesado aos cristãos e que não buscava o que era deles mas buscava a eles.

Baseado em Paulo os pastores podem ter salários altos ? podem ter secretarias pagas ? podem ter outros funcionários pagos dentro da igreja ?, podem receber para pregar em outra igreja ?, podem fazer viagens caras para fazer uma pregação em lugares onde tem vários pastores para pregar ?

As bandas e cantores podem receber para tocar em outras igrejas ?, o comercio das coisas santas dentro do templo está tão grande que recebem e recebem muito dinheiro.

Se você da dinheiro em uma igreja que não o gasta bem você é cúmplice da forma errada como o dinheiro é gasto e também dará conta no dia do julgamento porque foi relaxado e não se preocupou com o dinheiro ser bem gasto.


Eis aqui estou pronto para pela terceira vez ir ter convosco, e não vos serei pesado, pois que não busco o que é vosso, mas sim a vós: porque não devem os filhos entesourar para os pais, mas os pais para os filhos. II Coríntios 12 : 14

E não buscamos glória dos homens, nem de vós, nem de outros, ainda que podíamos, como apóstolos de Cristo, ser-vos pesados I Tessalonicenses 2 : 6

Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus. I Tessalonicenses 2 : 9

Nem de graça comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós. II Tessalonicenses 3 : 8

Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se transpassaram a si mesmos com muitas dores. I Timóteo 6 : 8 a 10



Paulo trabalhava nas suas viagens missionarias fazendo tendas, hoje existem pastores aposentados e outros com seus próprios negócios que pegam o dinheiro da igreja quando esse dinheiro poderia ser gasto melhor de outra forma para o crescimento da obra.

E, como era do mesmo ofício, ficou com eles, e trabalhava; pois tinham por ofício fazer tendas. Atos 18 : 3



Deus chama os seus atalaias (pastores) de cães gulosos que vivem com ganância de tirar o dinheiro das ovelhas.

Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono.
E estes cães são gulosos, não se podem fartar; eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte.
Isaías 56 : 10 , 11




O apostolo Paulo chama a circuncisão da lei de Moisés de falsa circuncisão e fala que a verdadeira circuncisão são os cristãos, fala para tomarmos cuidado com os maus pregadores.

Acautelai-vos dos cães; acautelai-vos dos maus obreiros; acautelai-vos da falsa circuncisão.
Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne. Filipenses 3 : 2 , 3




Paulo fala que não devemos nos apoiar na lei de Moisés mas na justificação pela cruz de Cristo.

Todos os que querem ostentar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo.

Porque nem ainda esses mesmos que se circuncidam guardam a lei, mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne.

Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.

Pois nem a circuncisão nem a incircuncisão é coisa alguma, mas sim o ser uma nova criatura.
E a todos quantos andarem conforme esta norma, paz e misericórdia sejam sobre eles e sobre o Israel de Deus. Gálatas 6 : 12 a 16



Jesus falou sobre um fariseu que se achava justo porque dava o dizimo, esse fariseu era judeu e tinha que cumprir a lei de Moisés de dar dizimo, mas o foco que Jesus trás é a pessoa se exaltar ou se humilhar a si mesma, não dar apoio ao dizimo. Quem se exalta por dar o dizimo está na mesma situação desse fariseu.

O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
...porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado. Lucas 18 : 11 , 12 , 14




Jesus falou sobre os fariseus que davam dizimo mas não faziam coisas mais importantes, Jesus ficava indignado com eles e chamava eles de hipócritas, Jesus os corrigiu falando que deviam ser judeus corretos e cumprir toda lei, deviam dar o dizimo e cumprir os outros mandamentos também, porque deviam ser judeus justos e corretos em tudo.

Jesus nunca mandou seus discípulos cumprir a lei do dizimo, mas somente aceitava ofertas, não digo que pedia ofertas porque Deus fazia essa parte tocando as pessoas.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. Mateus 23 : 23




No tempo da lei o dizimo era para ser dado aos levitas do templo e ao estrangeiros, órfãos e viúvas, esse exemplo mostra que não era um dinheiro para ser dado só no templo, mas para ajudar os necessitados também.

Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem Deuteronômio 26 : 12




Os pastores pregam para você hoje dar o dizimo como uma obrigação e se não der está em pecado roubando a Deus, eles estão colocando você nessas situações:

Fazendo você acreditar que é justificado por obra da lei. Gálatas 2 : 16

Fazendo você perder a justificação pela graça e tornando inútil a morte de cristo.
Gálatas 2 : 21 Gálatas 3 : 2 a 7 Romanos 3 : 21 , 22

Te colocando embaixo de maldição. Gálatas 3 : 10

Te colocando na posição de judeu da primeira aliança. Romanos 3 : 19

Põe em risco sua salvação porque está escrito que está separado de Cristo quem tenta justificação pela lei, perde a justificação pela graça. Gálatas 5 : 1 a 6

Fazem o povo tropeçar na pedra Jesus. Romanos 9 : 30 a 33

Colocam o dizimo como sendo um pedágio para poder andar pelo caminho chamado Jesus.




Muitas passagens do novo testamento falam que agora estamos na aliança da graça e que não somos justificados pela lei.

Porque não foi pela lei que veio a Abraão, ou à sua descendência, a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé.
Pois, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é anulada.
Porque a lei opera a ira; mas onde não há lei também não há transgressão.
Porquanto procede da fé o ser herdeiro, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós. Romanos 4 : 13 a 16

Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. Romanos 6 : 14

(pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou), e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual nos aproximamos de Deus. Hebreus 7 : 19



Eu sou evangélico e acho bom as pessoas darem dinheiro na obra de Deus para facilitar o crescimento dela, mas o meu compromisso é em pregar a verdade como ensina os apóstolos de Cristo, os pastores estão errados de exigirem do povo uma coisa que Deus não exige hoje e ainda quebrando a justificação e proteção da graça na área financeira, fazendo o povo acreditar que tem que justificar a área financeira pela lei de Moisés, estando assim embaixo de maldição.

Hoje em dia existe muitos maçons illuminati fazendo faculdade teológica e se tornando pastores e padres para desviar o dinheiro das igrejas para os objetivos da maçonaria, e enganar os cristãos para aceitar a besta e sua marca quando vier, nunca dê seu dinheiro em igrejas grandes, mas somente onde veja onde o dinheiro é usado.

Está te enganando quem prega Malaquias 3 : 10 dizendo que se você não der o dizimo está roubando a Deus, estava roubando quem estava debaixo da lei e não dava, os judeus antes de João batista.

Esses pastores conhecem as cartas de Paulo e o que ele diz sobre cumprir a lei de Moisés hoje e a justificação pela graça que Deus estabeleceu, mas te enganam para entrar mais dinheiro na igreja, uma das poucas igrejas que prega somente a graça e não prega o dizimo é a congregação cristã no brasil.







verdade777

Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum